domingo, 23 de Novembro de 2014

[Opinião] - "A Prova do Ferro" de Holly Black e Cassandra Clare


"Pensámos que tu sabias (...) permitindo que a tua mente e o teu corpo crescessem para que tu pudesses, uma vez mais, tornar-te o temível rival (...) parti do principio de que,se querias ser abordado, ter-me-ias contactado.
(...)
Vais matar-me?
Matar-te?Eu tenho estado à tua espera
(...)
Se não te matarem. Vão tolher a tua magia e vão mandar-te embora para junto de um pai que, nesse momento, saberá com absoluta certeza que não é teu pai"




Sabem que não costumo ler muita fantasia, não que não goste, mas preciso que o livro me agarre e, geralmente, não me conseguem chamar a atenção.
Mas Cassandra Clare conseguiu desde o seu primeiro livro, razão pela qual li todos os seus livros publicados pela Planeta até agora (série dos Instrumentos Mortais e das Origens - falta só o último, editado este mês), e não resisti a querer ler este, escrito em conjunto com Holly Black.

"A Prova do Ferro" é o primeiro livro da série Magisterium, contando-nos o primeiro ano de Callum Hunt na escola dos magos, o Magisterium. Cada volume nos conta o percurso de Cal num "ano lectivo", na sua caminhada para se tornar um grande mago.
Neste primeiro volume conhecemos a personagem principal, claro, e algumas personagens que vão, sem dúvida, ter crescente importância ao longo, tanto deste livro como dos seguintes.

Callum Hunt é um jovem que vive com o pai e cuja mãe morreu quando ele era bebé, sabendo ele muito pouco da sua mãe e de como esta morreu. Cal apenas sabe que a mãe morreu por causa da magia, e que a magia é uma coisa má da qual ele tem que tentar fugir. Este personagem tem uma peculiaridade, tem um problema físico numa perna, o que o fez ser sempre vitima de buylling na escola, tendo adquirido comportamentos e atitudes de modo a precaver-se e defender-se desse tipo de ameaça, o que tolda a sua personalidade e maneira de ser. É uma personagem interessante de conhecer e bem construída, que vai crescendo bastante ao longo da leitura e de quem vamos começando a gostar e a sentir algum carinho.

Conhecemos também Alastair Hunt, pai de Callum, que neste volume tenta a todo o custo proteger o filho daquilo que ele indica ter morto a sua mulher - a magia. Callum tem que fazer a Prova do Ferro, para que entre na escola de magia, e o pai tenta por tudo que Call falhe essa prova. É um homem triste e revoltado, que esconde dentro de si um segredo que apenas ele e a sua mulher sabem (julga ele).

Para além deles os dois vamos conhecendo os diversos colegas e professores do Magisterium. Conhecemos Aaron e Tamara, colegas de equipe de Call, vão crescendo juntamente com ele, individualmente e em grupo, e têm, ambos, papeis importantes e fulcrais neste livro. Conhecemos ainda Jasper, que vamos percebendo as suas fragilidades ao longo da leitura, Celia, a pequena apaixonada por Call e Drew, um personagem que passaa despercebida mas que tem um papel preponderante neste livro, o que é uma reviravolta que não esperava, e que foi muito bom. O mestre Rufus, mestre de Callum, é uma personagem enigmática e pragmática, inteligente e cujo seu principal objectivo é ensinar, realmente, as competências que os seus alunos necessitarão, eventualmente, mesmo que as tarefas não o façam prever, de todo.

Adorei o livro. Adorei a forma de escrita e o mundo que as autoras criaram. O final foi muito bem conseguido, e faz-nos ficar a pensar no que fatiamos se fossemos aqueles personagens, qual a melhor saída, quando nenhuma delas se afigura ideal? Fazemos o correcto para nós, ou o correcto para salvar os outros?

Sabem o engraçado? É que eu não gosto de Harry Potter, mas, de certo modo, encontrei semelhanças neste livro: talvez a escola de magia, o trio principal ser composto, também, por dois rapazes e uma rapariga muito competente, e até a relação entre o bem e o mal, de certo modo... (e não falo de escrita nem nada, apenas de algumas nuances do enredo). E, não gostando de HP, adoreeeei Callum, adorei o Magisterium e a magia que há naqueles corredores.

Aconselho sem reservas a sua leitura.

sábado, 22 de Novembro de 2014

[Natal 2014] - Colaboradores: Editoras











[Novidades] - Topseller: "cativada" de K.Bromberg e "Enrolados" de Emma Chase


Enrolados (Topseller I 224 pp I 15,98€) é a tão esperada continuação deEnvolvidos, que segue a história sexy e hilariante de um casal, Katherine e Drew, que vive enredado nos sobressaltos e nas peripécias do amor. 
Um romance de Emma Chase que conquistou a crítica internacional e nacional pela originalidade da relação ser abordada do ponto de vista… masculino. Tem a certeza de que quer saber como pensam os homens? A Topseller disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui.
SINOPSE
Ela é linda e ambiciosa. Ele é atraente e convencido. Juntos formam um par incrível. Mas algo inesperado vai deixá-los enrolados em mal-entendidos sem fim!  Katherine Brooks sempre foi metódica e cautelosa. Até ao dia em que conheceu Drew Evans, o seu atual namorado, um homem persistente e muito seguro de si.
Juntos formam um casal ambicioso, dedicado às suas carreiras, mas que nunca perde uma oportunidade para desfrutar das delícias da vida a dois. Até que surge um contratempo que abala a relação, e o conto de fadas transforma-se numa crise conjugal.
Ela muda-se para casa da mãe, e ele faz tudo, mas mesmo tudo, para a esquecer… Poderá uma série de mal-entendidos pôr fim ao romance mais tórrido de sempre?

Emma Chase é uma escritora norte-americana, autora dos livros Envolvidos Enrolados,bestsellers do New York Times e do USA Today

Mais sobre a autora em: www.emmachase.net. 


«Terno, de partir o coração, desolador, esperançoso, esmagador e maravilhoso. Uma montanha-russa de emoções que sentimos verdadeiramente.» Books, Coffee & Wine

K. Bromberg está de regresso com o segundo volume da tórrida trilogia Dominada:Cativada (Topseller I 400 pp I 21,98€). A Topseller disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui.

SINOPSE
A paixão de Rylee e Colton prevaleceu, contra todas as hipóteses. O amor entre ambos foi demasiado forte, ainda que não o consigam admitir. Mas será que o muro negro que se vai erguer entre ambos os poderá destruir?
«O Colton roubou o meu coração. Caí um dia nos seus braços por força do destino, e tem-me, desde então, cativa na sua paixão. Ele acendeu sentimentos dentro de mim que julguei terem morrido para sempre.»
«A Rylee caiu daquela maldita despensa um dia direitinha para a minha vida, e nunca mais voltei a ser o mesmo. Ela vislumbrou fragmentos da escuridão que habita dentro de mim e, no entanto, ainda cá está, a lutar por nós.»
«Ele corta-me a respiração, arrebata o meu coração e traz-me de volta à vida, tudo com um único toque. Mas como poderei amar um homem que não me deixa entrar na sua alma? Que insistentemente me afasta, para que não conheça o seu passado desfeito? O meu coração é dele, mas sinto os limites da paciência e do perdão a acercar-se de mim.»
«Como posso eu desejar uma mulher que me exaspera, me desafia e me força a ver que, no profundo abismo que é a minha alma, há uma pessoa digna de amor? Um lugar e uma pessoa que jurei nunca voltar a visitar e a ser? Eu sei que não sou quem ela precisa. Então, porque não consigo deixá-la partir?»

Autora bestseller do New York Times e do USA Today, os livros de K. Bromberg, além de serem êxitos sucessivos de vendas, têm recebido as melhores críticas de leitores em todo o mundo.
 
Cativada é o segundo livro de uma trilogia de sucesso que está permanentemente no top 10 dos mais vendidos na Amazon. K. Bromberg vive no sul da Califórnia com o marido e os seus três filhos.

É Nacional, É Bom....André Coutinho


Sobre o autor:
André Coutinho, natural de Vale de Cambra, nasceu no dia 13 de Outubro de 1988. É licenciado em Serviço Social pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
Editou o seu primeiro livro, "Noite Negra",através da Chiado Editora, em 2013, uma obra que pretende ser uma apologia ao amor verdadeiro e às tradições centenárias da bela cidade de Coimbra.
Os seus principais hobbies são a leitura, a escrita,a investigação histórica, o ciclismo, o convívio com as pessoas, as viagens e os passeios campestres.
O seu maior sonho é ser escritor e este primeiro livro é um passo inicial para a construção desse desejo de criança.


Noite Negra:
Ricardo Magalhães, um jovem minhoto pacato de 18 anos, cumpre um objectivo comum a muitos jovens da sua idade: ingressar no Ensino Superior.
Porém, aquela que seria apenas uma nova etapa da sua vida, transforma-se, para ele, na descoberta de um mundo completamente novo e por vezes estranho, que o impele a questionar-se acerca das questões mais fundamentais da vida humana, ao mesmo tempo que o inspira a lidar com o processo de construção da identidade, descoberta do amor e usufruto da liberdade.
Coimbra, a terra de mil esplendores, encerra no seu âmago imensos segredos, sonhos e devaneios dos que por ali vivem e dos que por ali passam. Coimbra dos estudantes, dos amantes apadrinhados por Pedro e Inês, cuja alma por ali ainda paira, inebriando quantos se deixam guiar pela linguagem universal do Amor. À noite, Coimbra revela tesouros, assombros, mistérios, apenas visíveis aos olhos mais astutos, daqueles que se deixam perder nas suas ruas. Coimbra é também sinónimo de saudade, do deslumbramento à chegada e do majestoso encanto na hora da despedida.
É nesse local, agora transformado em lar, que Ricardo trava a batalha mais importante da sua vida, a da manutenção da sua integridade emocional, enquanto é invadido por fantasmas do passado, romances inesperados e um mistério que o deixa perdido, perante a imensidão das palavras: Amor e Saudade.
Este é um livro, no qual o ambiente romântico se encontra aliado ao soturno e que capta atenção do leitor até ao último ponto


Site do autor
Página facebook do autor
Página Facebook do livro

sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

[Natal 2014] - Passatempos Natal e Colaboradores

O Natal está a chegar, e aposto que já se começaram a questionar o que andará por aqui nesta época festiva (ou não vos tivesse eu habituado sempre a qualquer coisa diferente).

Pois é..tenho umas ideias e já ando há alguns meses a contactar colaboradores. Pelo que vou começar a divulgar umas coisinhas aqui e ali.

Hoje deixo já dois colaboradores, sendo que peço que tenham em atenção que os "gostos" serão OBRIGATÓRIOS, neste caso na página do Blog e nas dos colaboradores (outras regras e requisitos serão indicados nos respectivos passatempos, quando divulgados).

Curiosos?

Portanto, a primeira editora colaboradora a ser divulgada é...



E a primeira lojinha Handmade é...


Que tal? :D

[Resultado de Passatempo] - "Confissões de Maria Antonieta" de Juliet Grey



Prémio: 
1 exemplar  do livro "Confissões de Maria Antonieta" de Juliet Grey

Colaboração:  Planeta

Nº participações válidas:205 (já com as entradas extra das partilhas)


Vencedor é...
189. Ricardo...Bastos,Porto

quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

[Divulgação] - Lidel: Sugestões de Natal


[Divulgação] - Alfarroba: V Concurso Literário Alfarroba



Consulte o regulamento e envie a sua participação.

[Divulgação] - Paperblank: Agendas 2015




Paperblanks, reconhecida mundialmente pela qualidade e estilo inconfundível, apresenta a colecção de agendas para 2015 disponíveis em Portugal. Aos modelos preferidos dos últimos anos a marca juntou novos designs surpreendentes, que a/o vão cativar!

Nunca é cedo demais para organizar o ano seguinte e planear mil e uma coisas

A Paperblanks ajuda nesta tarefa ao disponibilizar uma colecção de agendas com capas inspiradoras, delicadamente produzidas e com tudo o que precisa para ter a sua vida bem organizada e em grande estilo.

E na hora de escolher o presente ideal para a sua família e amigos neste Natal, não precisa complicar, basta seleccionar a agenda Paperblanks que mais tem a ver com a personalidade de cada um e oferecer este acessório memorável e bastante útil.

Com um leque variado e repleto de pormenores, as novas agendas para o próximo ano viajam por texturas, épocas, cores e estilos. Inspire-se!

Agendas Paperblanks 2015 disponíveis em Portugal:

ü  Glowing Rose – Da colecção Rose Garden esta agenda é inspirada nas pinturas que adornavam os livros da Pérsia no século XVI. A representação da cultura persa e as rosas no centro da agenda emergem num estilo totalmente distinto.

ü  Blush Pink – Disponível em três tamanhos, esta agenda distingue-se pela decoração em filigrana prateada e cor-de-rosa. Pensada para promover a discrição, as suas características resultam numa elegância que alia o requinte dos padrões medievais à subtileza e delicadeza.

ü  Shiraz – É a agenda que recorda Solimão, o Magnífico, Sultão do Império de Otomano reconhecido como sendo um poeta distinto e um grande patrono das artes que orquestraram o desenvolvimento de um dos períodos mais brilhantes da história artística. A capa desta agenda, decorada com medalhões dourados pintados à mão e coberta com filigrana, representa o auge da realização cultural.


ü  Mediterranean Cats – Esta agenda faz parte da vasta colecção da pintora Laurel Burch e é o presente perfeito para os apaixonados por gatos, apresentando uma mescla de cores vivas, apelativas e divertidas.

ü  Flutterbyes – Também pertencente à colecção de Laurel Burch, esta agenda representa o verdadeiro tributo da artista à natureza. É o retrato da arte original da criadora americana. 

ü  Ocean SongAlusiva ao oceano e seus elementos, esta agenda está envolta em magia. Mais do que sensual e vibrante os personagens ilustrados na capa ganham vida através das cores apelativas.

ü  Florescence – As pétalas rosas, graciosas e suaves, desenhadas na capa desta agenda elevam mais uma vez a profundidade, fantasia e paixão de Laurel Burch pelos elementos da natureza.

ü  Ougi – Inspirada nas técnicas da arte japonesa do século XIX, esta agenda exalta a graciosidade dos objectos de tradição oriental. Envernizada e com uma textura sofisticada, a capa apresenta um bonito jogo de cor e a delicadeza refinada das caixas lacadas japonesas.


PVP’s Recomendados e tamanhos:


Tamanhos disponíveis
PVP’s Recomendados
Slim
Mini
Midi
Glowing Rose

17.18€

Blush Pink
18.29€
17.18€
21.74€
Shiraz

17.18€

Mediterranean Cats

17.18€

Flutterbyes

17.18€

Ocean Song


21.74€
Florescence
18.29€


Ougi
18.29€




Sobre a Paperblanks
No mercado há mais de 20 anos, a Paperblanks® é uma defensora do livro e acredita que a palavra escrita bem como os livros em branco têm um papel fundamental a desempenhar na arte e na prática continuada da própria escrita. A empresa assume um elevado esforço global na ótica da sustentabilidade, utilizando materiais 100% reciclados e empenhando-se para a neutralidade de carbono. Defende ainda uma política de responsabilidade social e ambiental e apoia algumas organizações não-governamentais que agem da mesma forma.

O que diferencia a Paperblanks numa área de actividade tão concorrencial como esta? Não só a qualidade dos materiais nos seus produtos mas também a aposta num design inovador que confere a cada peça um prazer único ao proprietário de qualquer um dos seus modelos. Quer seja usado para gravar pensamentos, ideias, histórias, poemas ou outros enquadramentos, o conceito Paperblanks baseia-se na criação de um caderno ou agenda com um perfeito equilíbrio entre a imaginação e arte, facto que culmina numa experiência original de escrita.

Acreditamos que a palavra escrita é um importante elo no que mantém a sociedade civilizada unida. Acreditamos também que a arte deve ter um lugar em todos os aspectos da vida. Por isso, celebramos a arte que inspira e encanta gerações, e combinamos a criação responsável, os designs elegantes e o meticuloso trabalho manual com a integridade ambiental e social para criar a mais bela colecção de blocos e agendas no mercado, porque acreditamos que têm o poder de tocar as pessoas.”

Para saber mais sobre a marca visite: